Descubra o que é e como fazer portabilidade de operadora

Trocar de operadora de telefonia é muitas vezes necessário para economizar ou mesmo ter um atendimento melhor. Mas a mudança de número pode causar prejuízo e dor de cabeça, por isso, fazer a portabilidade é a melhor alternativa.

Para tirar suas dúvidas sobre planos, você pode entrar em contato pelo telefone Oi, lá você fica sabendo os valores, as condições e tudo mais.

Agora, quem quer saber sobre como mudar de operadora e manter o mesmo número, é só continuar lendo esse artigo.

O que é portabilidade?

Aqui estamos falando apenas da portabilidade numérica, mas na verdade existem outras modalidades.

Mas como o foco é telefonia, vamos falar apenas disso.

Então, portabilidade é quando o usuário de uma linha de telefone fixo ou celular muda para uma nova operadora, mas mantém o mesmo número.

Isso garante que você pode transferir seu número para uma companhia telefônica sem o prejuízo de ter que avisar amigos, familiares, clientes, etc, um novo contato.

Esse é um direito do consumidor e é garantido pela Anatel, ou seja, nenhuma operadora pode negar ou dificultar fazer essa mudança. A exceção são os casos em que a documentação está incompleta ou com algum erro.

Como fazer a portabilidade numérica?

A portabilidade pode variar um pouco de uma operadora para outra, mas vamos ver como fazer a transferência de maneira geral.

Algumas regras são comuns a todas, mas é sempre bom pesquisar um pouco antes de fazer a mudança definitiva.

Confira alguns requisitos para fazer a migração de operadora.

Ser o titular da conta

A portabilidade só é válida para o mesmo CPF, sendo assim, somente o titular do cadastro com a operadora pode solicitar a mudança. Caso você tenha uma linha em nome de outra pessoa, o ideal é solicitar a alteração da titularidade antes.

Não ter pendências

Para fazer a migração é necessário que a linha esteja ativa, sem débitos em aberto ou qualquer outro tipo de irregularidade. Antes de solicitar a troca é preciso verificar se está tudo certo com sua operadora de origem.

Documentação necessária

De modo geral, são as mesmas exigidas na primeira contratação, CPF, RG e comprovante de residência. Mas não esqueça de confirmar essas informações para não ter surpresa na hora.

Não esqueça que a principal vantagem na mudança é que você pode escolher um plano com maior custo-benefício, uma cobertura maior, enfim, uma condição mais vantajosa. Por isso, analise os detalhes do que cada operadora oferece.

Após fazer a pesquisa dos planos e confirmar as informações que passamos acima, o próximo passo é entrar em contato com a operadora.

Onde fazer a portabilidade?

As operadoras costumam oferecer diferentes canais de atendimento para fazer a portabilidade. Essa é outra informação que você pode confirmar antes de realizar o procedimento.

Geralmente, essas operações são feitas nos seguintes canais:

  • SMS;
  • telefone;
  • WhatsApp;
  • site da operadora contratando um plano;
  • ou na loja física da operadora.

Outra informação importante é que o processo de portabilidade leva até três dias úteis para ser concluído. Mas você não ficará sem seu número durante a troca.

Sobre Redação Resumo Virtual

Somos um portal independente, reunimos o resumo de informações importantes para você não precisar ficar perdendo tempo pesquisando.

Veja também

Como negociar com fornecedores? As 9 melhores dicas!

Saber como negociar com fornecedores é uma abordagem estratégica fundamental para usar da melhor maneira …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *